Empreendedorismo

Você é rebelde ou desobediente?

Eder Cachoeira
Escrito por Eder Cachoeira em 1 de outubro de 2020
Quer aprender mais sobre tecnologia?

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Peça desculpas, não peça licença.
Isso até pode soar um pouco ‘rebelde’. Certo?

Mas no fundo, significa que se a pessoa está pedindo ‘desculpas’ é porque ela, efetivamente, já fez algo. Consequentemente, se está pedindo ‘licença’, ela ainda não fez nada.

Avalie as circunstâncias e possíveis consequências do seu ato, e decida se vale a pena perguntar antes de fazer, ou assumir os riscos e fazer.

Tome a frente das coisas e antecipe-se de forma pró-ativa aos problemas e obstáculos que a vida impõe. Não tenha medo de correr riscos, de falar, de agir.

Um exemplo claro de rebeldia é o Vale do Silício, na Califórnia. O lugar é conhecido por ser o maior polo de inovação do mundo. Além de ser a casa das empresas mais disruptivas e famosas do planeta, como eBay, HP, Intel, Apple, Facebook, Google, por exemplo, a região também conta com duas, das mais renomadas universidades do mundo: a Universidade de Stanford, e a Universidade da Califórnia.

Uma das peculiaridades do Vale do Silício é que a região não é sinônimo de inovação só por causa das empresas e universidades, mas também pela mentalidade dos moradores: quem vive lá, mesmo que não trabalhe em uma grande empresa de tecnologia, é super antenado nos últimos lançamentos, com muita vontade de aprender, empreender e compartilhar o que sabe.

Segundo Maurício Benvenutti, sócio do StartSe e autor do livro Incansáveis, existem três condições que fazem o Vale ser sinônimo de sucesso. São elas: rebeldia, conhecimento e capital financeiro. Afinal, sem inconformismo e vontade de mudar o mundo, unido a um bom know-how e investimentos, dificilmente há inovações.

Essa rebeldia de querer fazer diferente é algo muito valorizada hoje em dia, principalmente, pelas empresas de tecnologia.

Baixe gratuitamente o eBook Oportunidades na Área de Tecnologia.

Olá,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.