Carreira

A importância das soft skills na sua carreira profissional

Bárbara Girardi
Escrito por Bárbara Girardi em 23 de outubro de 2020
Quer aprender mais sobre tecnologia?

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Você já ouviu falar em soft skills? Se ainda não tiver a menor ideia do que são, é melhor continuar lendo este artigo. Afinal, algo extremamente importante nos dias atuais é o desenvolvimento destas soft skills.

O termo “soft skills” vem do inglês, e significa literalmente “habilidades leves”. Porém, se formos levar em conta todo o contexto do termo, ele significa “habilidades interpessoais”.

E o que são exatamente estas tais habilidades interpessoais? Antes de mais nada, estas são as habilidades que uma pessoa desenvolve ao longo de sua vida. Eventualmente, estas habilidades estão ligadas ao comportamento humano, emoções e ética.

Primeiramente, é preciso entender que as soft skills são o completo oposto das hard skills. E o que seriam hard skills?

Hard Skills

Foto de homem soldando - hard skills
Foto de Raghav Bhadoriya no Pexels

As hard skills, termo que também vem do inglês, significam “habilidades difíceis”. Em outras palavras, uma pessoa consegue aprender estas habilidades estudando e praticando. Isto, não apenas no trabalho, mas também, com ajuda de algum curso.

Por exemplo, o domínio da língua inglesa é uma hard skill. Afinal, a pessoa estudou e se aperfeiçoou até conseguir a fluência no idioma. Assim como programação, domínio de ferramentas de edição e operação de máquinas, também são exemplos de hard skills.

Porém, o que diferencia este tipo de habilidade das soft skills?

Soft Skills

Foto de pessoas reunidas sorrindo - soft skills
Foto de Fauxels no Pexels

As soft skills, como dito lá no começo, são habilidades que as pessoas desenvolvem ao longo de sua vida. São habilidades pessoais, que não podem ser aprendidas em um curso, diferente das hard skills.

Este tipo de habilidade está ligado com a inteligência emocional de cada indivíduo. Acima de tudo, as soft skills valorizam o comportamento das pessoas, e como elas lidam com diferentes situações. Além disso, elas somente podem ser identificadas através da convivência diária com outras pessoas.

Por exemplo, as empresas valorizam muito, atualmente, a empatia, que é uma soft skill. A empatia é a habilidade de se colocar no lugar de outra pessoa. As empresas a prezam porque profissionais com esta habilidade são mais suscetíveis a se comunicarem melhor e a conseguirem trabalhar em equipe.

É de extrema importância que um candidato, em uma entrevista de emprego, já tenha desenvolvido algumas soft skills. Eventualmente, sabendo que as empresas estão dando prioridade a candidatos assim, aos que somente possuem conhecimentos elevados sobre determinado assunto.

Soft Skills valorizadas pelo mercado

Agora que estamos um pouco mais familiarizados com o que são as soft skills, é hora de conhecer quais são as habilidades que o mercado de trabalho mais valoriza, hoje em dia.

Comunicação eficaz

Ser comunicativo é extremamente importante em um ambiente onde todo o trabalho é realizado em equipe. Pois, assim, o trabalho fluirá mais facilmente quando a comunicação entre colegas é clara e eficiente.

Entretanto, a comunicação eficaz se trata, também, de saber ouvir o que a outra pessoa tem a dizer. De certa forma, é preciso interpretar o que foi dito, também para que o trabalho possa fluir de maneira mais fácil.

Empatia

Como dito antes, a empatia é essencial para um ambiente de trabalho bom e organizado. Além do mais, ela se liga diretamente com a comunicação eficaz, já que é necessário compreender os problemas do outro para que uma solução possa surgir.

Aliás, é um ponto muito importante para poder trabalhar em melhorias pessoais no ambiente de trabalho, caso receba algum feedback com uma crítica construtiva.

Trabalho em grupo

Um ótimo jeito de ter um rendimento acima da média é tendo a habilidade de trabalhar em grupo, com seus colegas. Afinal, é raro que somente um funcionário consiga cuidar de toda uma empresa. Portanto, é de suma importância que todos os membros de um time consigam trabalhar em equipe.

Uma empresa é como um relógio. O relógio, por si, precisa que todas as engrenagens trabalhem juntas para poder funcionar. Enfim, com a empresa, nada seria diferente.

Organização

A organização de um ambiente é fundamental para evitar perda de tempo e de desempenho. Ainda mais, tendo em vista que um profissional que se mantém organizado também se mantém competente e propício a evoluir.

Flexibilidade

Quem procura se desenvolver no mercado de trabalho precisa saber que as regras mudam a cada dia. Não é difícil encontrar novos desafios, nunca realizados por outra pessoa, que precisam de uma atenção especial. Portanto, o profissional precisa saber se reinventar constantemente, além de sempre ter interesse em aprender algo novo.

Senso de liderança

Esta é uma das habilidades que requer vários pontos citados acima. Afinal, o líder de um time é aquele que possui uma voz ativa muito forte, sabe organizar uma equipe e sabe lidar com os problemas internos dela. Além de, claro, a gestão interna ser uma das funções mais requeridas pelo mercado de trabalho, portanto, vale muito a pena desenvolver essa habilidade.

Como posso desenvolver soft skills?

Foto de homem em dúvida - soft skills
Foto de Robert Nagy no Pexels

Como dito lá no começo, as soft skills são habilidades pessoais, que variam de pessoa para pessoa. Entretanto, isso não significa que você precisa literalmente “nascer” com elas. Pelo contrário, elas são desenvolvidas ao longo da vida.

A grande questão nisso tudo, é que nenhum curso de especialização pode desenvolver estas habilidades por você. É você mesmo quem precisa trabalhar para adquirir tais habilidades. Porém, isso não o impede de seguir algumas dicas de como trabalhar para desenvolver suas soft skills.

Controle suas emoções

Todos sabem como é difícil passar por uma situação muito estressante. Você fica nervoso e não consegue se concentrar direito. Afinal, quem é que analisa a situação com os nervos à flor da pele?

Pois, você deveria fazer isso. Esse é um ótimo jeito de começar a controlar suas próprias emoções e não se deixar levar pelo momento. É como um sonho lúcido, por exemplo. Aquele tipo de sonho que você tem consciência de que é um sonho.

A partir do momento que você sente uma emoção forte, tente se tornar consciente desta emoção, e ir deixando-a ir, aos poucos. Além disso, existem diversos exercícios pessoais que uma pessoa pode fazer para controlar melhor suas emoções, desde respiração pausada, até mesmo, meditação.

Gerencie melhor o seu tempo

Muitas pessoas possuem problemas de concentração, muitas vezes causados por pequenas interrupções do dia a dia. Por exemplo, uma notificação de redes sociais na tela do smartphone pode acabar com toda a inspiração e concentração que você estava tendo naquele momento.

Portanto, você precisa sempre se perguntar se a interrupção é urgente, e se você não pode resolvê-la em um outro momento? Na maioria das vezes, você pode sim, resolver essas interrupções em um outro momento.

Desta maneira, você irá se tornar uma pessoa mais organizada e, consequentemente, mais produtiva.

Você pode conferir mais dicas de como desenvolver habilidades interpessoais, lendo o artigo sobre as entrevistas que o Eder Cachoeira fez com profissionais da área de tecnologia.

Uma exclusividade do ser humano

Foto de mulher com idosa sorrindo - soft skills
Foto de Andrea Piacquadio no Pexels

Um dos motivos pelos quais o mercado de trabalho esteja valorizando tanto as soft skills, seja justamente para evitar a “robotização” do ambiente.

Certamente, sabemos que as máquinas ajudam, e muito, quando se trata de funcionalidade, rapidez, precisão e vários outros fatores. Contudo, isso é algo muito perigoso. Já que estas máquinas de inteligência artificial são mais eficientes nas hard skills, sendo programadas para isto.

Há uma estimativa, feita pela consultoria McKinsey & Company, que diz que a tecnologia irá ocupar o lugar de um quarto dos trabalhadores humanos até 2030. Além disso, cerca de 400 milhões até 800 milhões de empregos serão extintos.

Entretanto, nem tudo é ruim. Vários outros empregos, surgirão no lugar destes outros, conforme a demanda global. O ser humano irá encarar um desafio com isto, já que precisará aprender várias novas funções.

O que torna tudo ainda mais intrigante é o fato de as inteligências artificiais estarem emulando os sentimentos humanos, através da programação. Apesar destes modelos ainda estarem em testes, eles já conseguem transmitir várias sensações humanas.

O Eder mencionou esta questão em uma palestra, no dia 20 deste mês, durante o evento SNTC Sul Catarinense do IFSC. Na palestra, em questão, Eder ressaltou o quanto os seres humanos precisam focar em desenvolver as habilidades que os robôs não conseguem exercer.

É exatamente por isso que as pessoas devem desenvolver suas soft skills. Como estes robôs ainda estão em fase de teste, os seres humanos ainda têm algum tempo para se aperfeiçoarem, antes que fiquem tão para trás ao ponto de serem substituídos.

Conclusão

Foto de crianças sorrindo - soft skills
Foto de Harsha Vardhan no Pexels

Contudo, este não é o único motivo pelo qual as pessoas devem desenvolver suas soft skills. Como dito anteriormente, os profissionais que possuem estas habilidades são mais valorizados pelo mercado de trabalho, ao invés de quem apenas possui os conhecimentos técnicos.

Portanto, trabalhar neste desenvolvimento traz duas vantagens alcançáveis. A de ser mais desejável a ser contratado no mercado de trabalho, e a de ter menos chances de ser substituído por uma máquina.

Certamente, as hard skills ainda são bastante importantes, e você não deve abrir mão dos cursos de especialização da sua área desejada. Afinal, é preciso ter um equilíbrio entre estes dois tipos de habilidades, para que o profissional possa continuar evoluindo.

 

Comentários

Olá,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site armazena cookies no seu computador. Cookies são pequenos arquivos texto, e não geram risco algum para você. Esses cookies são usados para coletar informações sobre como você interage com nosso site e nos permite lembrar de você, nos seus próximos acessos. Usamos essas informações para melhorar e personalizar sua experiência e para análises e métricas sobre os visitantes das nossas páginas, tanto nesse site quanto em outras mídias sob nossa responsabilidade. Para obter mais informações sobre os cookies que usamos, leia nossa Política de Privacidade: